sexta-feira, 14 de julho de 2017

call to the cops




Ele está longe e às vezes eu procuro conforto num fantasma frio e prateado que não me deixa com nada além de uma dor - suportável. Isso parece machucar muito mais a M do que a mim mesma. Sou uma menina má, e roubei um pouco de desodorante do mercado só pra sentir o cheiro dele, M é irresistível. Old spice, lenha, na manga da minha blusa. Descendo no ramo da mediocridade.

[∞]

Eu sou mesmo uma menina má, com fixação em remédios. Piorou hoje. Mas apenas olho para as caixas. Porque sei que contam cada pílula e é impossível pegar como antes. Também não posso decepcionar meus espectadores. Estão sempre lá.

Se você fizer silêncio e reparar nos cantos escuros poderá ver os olhos que te observam através...




Shhhhh...


2 comentários:

  1. Adoro o jeito que você escreve... cuidado, temos sempre nos vigiando, mas na maioria um bando de desocupados e alguns poucos realmente preocupados.

    ResponderExcluir
  2. Roubar? de certa forma, já fiz
    Ontem tirei o sutiã por debaixo da blusa e joguei pra provocar um menino durante uma briga. Dizem que eu sou brava.
    Mas não é bom alimentar esse meu lado, talvez ele me ferre

    ResponderExcluir