segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

Bad Things




Meu computador quebrou e está tudo uma bagunça. Eu voltei mais uma vez para maldito circulo vicioso da comida. "Como por que estou triste. Estou triste por que como." Meu peso não subiu muito mas a vontade é de tomar todos os remédios até isso ir embora.

Na verdade eu preciso ir a farmácia novamente por que uma "amiga" roubou o restante do meu Franol para tentar suicídio. Fiquei realmente furiosa com isso, só que no final das contas eu não pude fazer muita coisa, eu a entendo.
 Entendo o quão é ruim se sentir vivo.
 Entendo o quão é ruim não ser a pessoa que deveríamos ser.
 Entendo o quão é ruim ser machucado por alguém a ponto de ter pesadelos.
 Entendo.

Ela voltou do hospital, nos sentamos no chão e jogamos baralho, bebendo a cerveja de má qualidade do pai dela. Eu a fiz esquecer dos pensamentos ruins, mas, talvez no fundo, eu só quisesse esquecer os meus.



Eu pretendendo atualizar o blog todos os dias, ou pelo menos com mais frequência daqui em diante. Um abraço sincero para quem entende. Eu ainda não desisti.

7 comentários:

  1. Oi querida!
    Eu entendo todas as suas angústias. Sim. Eu te entendo de verdade, não digo isso de modo superficial. Entendo porque tenho os mesmos pensamentos.

    Fica bem, tá?
    E eu vou adorar ler seus posts com mais frequência!

    Um grande abraço igualmente sincero pra você!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Matilda! Quem sabe um dia a gente não se sente para jogar baralho também.

      Excluir
  2. Que coincidência em!? Acho que me tornei dependente dos remédios... Pelo menos ela teve você em um momento tão difícil, angustiante, que na maioria das vezes nos encontramos sozinhos, como na maioria dos casos. E parabéns pela atitude, você foi um ombro amigo para ela, após ela ter voltado do hospital, pelo menos eu acho que tem ficado difícil achar pessoas assim hoje em dia. Outro grande abraço, querida!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu que agradeço pelo seu carinho. Eu ajudei, mas é difícil se ver refletido nos olhos de outra pessoa. Talvez sejamos mais iguais do pensamos. Todos nós.

      Excluir
  3. Nossa, que tenso isso que aconteceu com a sua amiga.
    Ela devia estar tão desesperada que roubou seus remédios, mas ainda bem que ela tem você para apoiá-la.

    Tomara que as duas fiquem bem. Tenta depois fazer uma detox e RA, talvez te ajude mais quando passar o período de compulsão.

    Kisses

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada. Eu vou tentar sim! Eu sempre ouvi fazer bem desse tal de "detox" .. Parece interessante ;)

      Excluir